Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

A LENDA DO BOTO

NET
1
Doroni Hilgenberg · Manaus, AM
20/8/2008 · 272 · 60
 

O BOTO


A LENDA

Na mitologia Amazônica, encontramos o Boto Rosa, que tem o poder de emergir das águas do rio a noite, e se transformar num belo homem, para seduzir as muheres que se sentem atraídas pelo seu estranho fascínio. Apresenta-se sempre de terno branco e traz na cabeça um chapéu também branco para ocultar os orifícios que estão em sua cabeça e pelos quais respira. A inexistência no Brasil de dados mais concretos até o século XVIII, faz supor que a lenda seja de origem branca e mestiça, com projeções nas culturas indígenas e ribeirinhas.

A lenda do boto é no mínimo interessante. Ela está ligada aos ribeirinhos, às festas juninas, aos bailes caseiros e populares, quando então, todos se encontram para as festividades e as moças colocam seus trajes mais bonitos, se enfeitam e aproveitam para namorar enquanto seus pais conversam distraídos e alheios a tudo.
Nessas noites, geralmente de luar, o Boto aparece em forma de um homem alto, bonito, com um chapelão na cabeça e todo vestido de branco. Gentil e cavalheiro, todas as moças ficam encantadas e se deixam levar por sua beleza. E ele então, escolhe a mais bonita e a leva para a praia ou a beira do rio. E ali, tece e acontece, e o amor vinga de uma maneira, simples e direta, mas cheia de encanto e magia. Só que depois, some e nunca mais é visto pelas redondezas, e a garota carrega no ventre o fruto de uma noite de encantamento sem no entanto mostrar-se arrependida do ato consumado. Dizem que geralmente nasce um menino, o filho do Boto.


Deixo aqui, um poema de um grande amigo, poeta e trovador.


EU, O BOTO
Antonio Juraci Siqueira – Belém

Eu venho de um mundo
que tu não conheces;
--do onde, do quando,
do nunca, talvez...

Eu venho de um rio
perdido em teus sonhos,
um rio insondável
que corre em silêncio
entre o ser e o não ser.


Eu venho de um tempo
que os homens não medem,
nenhum calendário
registra os meus dias.
sou filho das ondas
que gemem na praia,
sou feito de sombras
de luz, de luar
e trago em meu rosto
mandinga e mistério
e guardo em meus olhos
funduras de um rio.

Cuidado, cabocla!
cuidado comigo
que eu sou sempre tudo
que anseias que eu seja:
--teus ais, teus segredos
tua febre e teu cio...

Se em noites de lua
sentires insônia
e a fome de sexo
queimar tuas estranhas,
a sede de beijos
tua boca secar
e em brasa teu corpo
meu corpo exigir,
contigo estarei
na rede de encanto
cativo nas malhas
da teia do amor.

E quando teus olhos
fitarem meus olhos,
e quando meus lábios
teus lábios tocarem,
e quando meus braços
laçarem teu corpo,
e quando meu ser
em teu ser penetrar
só então saberás
quem sou e a que vim.

E assim que a semente
do amor, do desejo,
vingar em seu ventre
gerando outro ser,
não mais estarei
contigo. Somente
a minha lembrança
permanecerá
boiando nas águas,
barrentas, confusas
de tua memória
cansada, febril...
--Foi sonho? -- foi fato
ninguém saberá!...


O SER EM SI


O Boto, foi descoberto e estudado cientificamente por Rodriguês Ferreira ( 1.790), e por Henry Walter Bates, um Inglês que permaneceu 11 anos fazendo pesquisa na região Amazônica. O cetáceo, é um mamífero completamente aquático que habita os rios do norte do Brasil. Possui uma cabeça grande, bico dentado e corpo afilado. É quase desprovido de pelos, possui grandes nadadeiras dianteiras, duas mamas em posição posterior, uma cauda que se finaliza em uma nadadeira longa e horizontal e um sistema de sonar sotisficado, localizado numa saliência da cabeça que emite ondas sonoras. Ao nascer pesa cerca de 7 kilos e chega a pesar até 150 kilos quando adulto.

O Boto é simbolo de sedução e energia vital porque os órgãos sexuais desse animal são muito parecidos com o dos humanos, e por isso a razão das lendas envolvendo os botos. Atualmente, o Boto encontra-se em extinção porque o homem atribuí-lhe poderes mágicos e usa seus atributos para fabricação de remédios, amuletos e rituais.

Segundo Vera da Silva, Biologa do INPA, na reserva Mamirauá, a cerca de 530 Km de Manaus, onde se encontra uma das maiores concentrações de boto cor de rosa, vem sendo registrada uma queda de 10% ao ano da população desses animais, e isso deve-se em grande parte a construção de hidrelétricas na Bacia do Amazonas, que isolam os grupos dos botos cor de rosa e dificultam a sua reprodução. Os Botos, existem há mais de 5 milhões de anos, eles nadaram através do Oceano Atlântico e chegaram até o caudaloso Rio Amazonas, encantando a todos que deles se aproximam.

DORONI HILGEBERG

Sobre a obra

O BOTO

“ Sou filho das ondas
que gemem na praia,
sou feito de sombras
de luz, de luar,
e trago em meu rosto
mandinga e mistério,
e guardo em meus olhos
funduras de um rio” .
( A.J.S.- Brasão de Barro- 1.997)

compartilhe



informações

Autoria
TEXTO: DORONI HILGENBERG - MANAUS
POEMA: ANTONIO JURACI SIQUEIRA - BELÉM
Ficha técnica
misto de lenda, encanto e realidade.
Downloads
2248 downloads

comentários feed

+ comentar
ysabella
 

Dori,
Ler o texto já valeu a pena ter vindo pra te acarinhar. Mas não só
o texto em si e sim a aula sobre uma lenda que eu desconhecia,
e que vc generosamente e poeticamente dividi com todos nós.
Parabens Mestra, fantástco poema. Adorei
Sucesso querida, bj

ysabella · Rio de Janeiro, RJ 18/8/2008 13:42
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

Esplendido, Doroni...como disse a ysabella, ai em cima, tudo perfeito...a poesia...a historia e pesquisa...
e..os botos rosa são mágicos sim...dizem até que são fadas que cairam nas águas e não conseguiram sair...rs...
vai saber né...rs
Beijo...lindo trabalho...como sempre...
Joe
( teve até um novela...ou conto...algo parecido, em que a protagonista diria ter "ficado prenha" de um boto rosa...rs...lembra ?...chegou a ver isso ?...rs)

joe_brazuca · São Paulo, SP 18/8/2008 14:39
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

tele-conto, digo...

joe_brazuca · São Paulo, SP 18/8/2008 14:39
sua opinião: subir
Samuel Luciano Assunção
 

"Se em noites de lua
sentires insônia
e a fome de sexo
queimar tuas estranhas,
a sede de beijos
tua boca secar
e em brasa teu corpo
meu corpo exigir,
contigo estarei
na rede de encanto
cativo nas malhas
da teia do amor."

doroni...belíssimos versos os do teu amigo...
linda lenda...que eu já conhecia...mas por você contada...ficou
ainda mais bela...
um beijo.

Samuel Luciano Assunção · Angra dos Reis, RJ 18/8/2008 14:43
sua opinião: subir
celina vasques
 

OI amiga linda! Muito lindo teu texto!
Mais uma vez Parabéns por teu lindo e talentoso trabalho!

beijo no coração!

celina vasques · Manaus, AM 18/8/2008 14:44
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Isabella,
Que bom que consegui passar um pouco desta magia e onhecimento para você

Joe...
Foi um filme " O Boto" estrelado por " Carlos Lombardi" se não me engano. Há sim, algo sobre fadas que são botos e que atraem os homens para os fundo dos rios, mas ai fica parecido com as sereias e eu não comentei.
bjsssss

Samuel, esse amigo faz poesias regionais lindas de morrer. Foi meu professor de trovas via ECT. Que bom que gostou dos versos e do meu trabalho
bjsssss

Celina,
que bom que gostou!
Ce esta triste ai na foto? que esta acontecendo?
venha aqui e vamos passear.

bjssssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 18/8/2008 14:58
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

Isso mesmo, Doro !..um filme...exatamente...obrigado pela lembrança.
Bj
Joe

joe_brazuca · São Paulo, SP 18/8/2008 15:19
sua opinião: subir
EdimoGinot
 

Doroni

A lenda é realmente fantástica. Há ainda pessoas que acreditam nela. Por conveniência ou não. Ou será que são mágicos?!...
Gostei.
Um abraço

EdimoGinot · Curitiba, PR 18/8/2008 15:22
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Joe, querido!
Não me chame de DORO detesto! ou DORONÍ ou nada.

Edimo,
aqui cada vez que uma garota do interior tem que dar satisfação sobre uma gravidez indesejada ela diz:
--foi o boto papai, eu juro! hehehe
bjssssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 18/8/2008 15:58
sua opinião: subir
Sônia Brandão
 

Doroni, muito interessante as informações trazidas pelo seu texto, muita gente ainda desconhece essa lenda. Muito bom o poema do seu amigo também.
E até hoje o coitado do boto leva a fama.
bjs

Sônia Brandão · Bauru, SP 18/8/2008 17:22
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Sonia,
É verdade, muitos desconhecem a lenda ainda.
E pobre do boto tem inúmeros filhos por ai.
Obrigada pela dica, ( foi um lapso) já corrigi.
bjsssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 18/8/2008 20:02
sua opinião: subir
graça grauna
 

Doroni: agradeço a oportunidade de conhecer um pouco mais das belas histórias em torno desse personagem maravilhoso - o boto. Acho que nunca é demais passar adiante a riqueza da nossa tradição. Bjos.

graça grauna · Recife, PE 18/8/2008 21:23
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Graça,
obrigada pela leitura
É verdade, tradição é cultura. Vou ver o que mais hei de escrever.
bjsssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 18/8/2008 23:18
sua opinião: subir
clara arruda
 

Doroni,se eu soubesse que vc postaria esse texto teria te enviado lindas imagens de um amigo cinegrafista ai da tv amazonas.
Ficaria feliz se algumas fotos ilustrasse seu belo trabalho.
Bem minha linda se eu me atrasar na outra fila saiba; essa amiga anda remando contra a maré ultimamente,mas sempre consigo chegar. beijos em seu coração.
Já falei com a Celina fevereiro estarei ai e vamos fazer uma farra danada.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 19/8/2008 04:14
sua opinião: subir
Vives
 

AMIGA, PERFEITA PESQUISA, DIVULGAÇÃO E POESIA. DORAVANTE, ACREDITO QUE MUITOS POETAS DEVERIAM FAZER ESSE TIPO DE TRABALHO. LINDO! VOLTAREI. BEIJOS.

Vives · Porto Alegre, RS 19/8/2008 05:49
sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Linda lenda do rio perdido no sonho que corre entre o ser e o não ser!
bjo
CD

Compulsão Diária · São Paulo, SP 19/8/2008 10:22
sua opinião: subir
Cristiano Melo
 

Quanta informação Dô,
Muito bom, a lenda e a não-lenda entremeadas por um poema, muito bom seu trabalho. Parabéns.
beijos

Cristiano Melo · Brasília, DF 19/8/2008 10:39
sua opinião: subir
Carlos Mota
 

ví muitos botos aínda semana
passada lá no Araguaia, os
pescadores não gostam nada!
mas isso é outra história!
gostei do texto, parabéns
pela escolha do poema
ilustração,e informação é
sempre importante, boa pedida
essa sobre o boto.
beijo,

Carlos Mota · Goiânia, GO 19/8/2008 12:53
sua opinião: subir
delen
 

Que bom conhecer pessoas como vc , estou levando comigo mais que uma ótima leitura , também sabedoria , sou um grande adimirador de seus trabalhos , quero viver meus anos sentindo no meu ser essa magia e encanto de palavras . Bjs...

delen · Cotia, SP 19/8/2008 12:59
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Clara, que bom que já estapor aqui nos cativando com sua presença.
Pôxa, amiga de um sinegrafista? Já pensou o Lombardi em minhas páginas? Talvez numa próxima pedida né? bjss e obrigada

Stella, é claro, este tipo de trabalho é por demais de gratificante. Que bom que gostou. bjssss e obrigada

CD, verdade! O rio guarda infinitos segredos alguns a serem desvendados ainda. Bjssssss e obrigada

Cris, Que bom que gostou - lenda - não lenda - é isso!
bjsssss e obrigada

Carlos, mas viu botos cor de rosa ou cinza? Há uma diferença. Mas a outra história? Conta pra nós... Viu o que o Joe disse acima: -
botos rosas são fadas. seria mesmo? Conta, vai.... Bjssss e obrigada.

Dellen: o bom de escrever é isso, conseguimos admiradores de montão. valeu! obrigada e bjsssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 19/8/2008 13:43
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

dando inicio ao "sufrágio"...rs
bj
Joe

joe_brazuca · São Paulo, SP 20/8/2008 12:49
sua opinião: subir
celina vasques
 

Meus votos querida e Linda amiga Doroni!
Beijo no corção e na alma poética!

celina vasques · Manaus, AM 20/8/2008 12:51
sua opinião: subir
celina vasques
 

Doroni olha só: eu queria encontrar o tal "BOTO", dizem por aqui que ele é tão lindo e romântico!!!
queria comprovar o fato! rsrsrsrsrsrs


beijos amigaaaaaaa!

celina vasques · Manaus, AM 20/8/2008 12:56
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

e..desculpe pelo "Doro"...foi erro de digitação..nao percebi...é a pressa da vida...rs
bj
Joe

joe_brazuca · São Paulo, SP 20/8/2008 12:57
sua opinião: subir
clara arruda
 

Dori minha querida.Passo para reafirmar meu carinho e pela beleza do seu trabalho.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 20/8/2008 13:14
sua opinião: subir
Ailuj
 

Cada lenda do boto é mais linda que a outra
A imaginaçao nao tem limites sobre esse peixinho rosa
Será a cor que provoca essas fantasias de amores?
Bom nas lendas eles [os botos são lindos,]mas no real não é bem assim,já li que em grupos são vândalos e costumam estuprar as fêmeas
Um beijo querida pro seu belo texto,lindo mesmo

Ailuj · Niterói, RJ 20/8/2008 13:18
sua opinião: subir
EdimoGinot
 

EdimoGinot · Curitiba, PR 20/8/2008 13:28
sua opinião: subir
Compulsão Diária
 

Compulsão Diária · São Paulo, SP 20/8/2008 14:02
sua opinião: subir
graça grauna
 

mais votos cor-de-rosa pela magia do boto. Bjos

graça grauna · Recife, PE 20/8/2008 15:05
sua opinião: subir
Marcos Pontes
 

Pela primeira vez que ouvi alguém, não me lembro se em Belém ou em Manaus, dizer que era filho do boto, pensei cá com meu fecho-eclair: "que povo atrasado, acredita nessas lendas...". Mais tarde vim a entender que se referiam a filhos de mãe solteira ou abandonada pelo seu homem.
Por conta dessa lenda, muita gente ainda tem medo do boto nas ribanceiras amazônicas.Pobre boto...
Continue espalhando pelos Brasis essas histórias amazônidas, Doroni, não sabe o quão está espalhando parte dessa maravilhosa cultura.

Marcos Pontes · Eunápolis, BA 20/8/2008 17:02
sua opinião: subir
Marcos Pontes
 

A propósito, o Juraci é um dos amigos que deixei em Belém. Excelente trovador.

Marcos Pontes · Eunápolis, BA 20/8/2008 17:06
sua opinião: subir
João Bosquo
 

Estive aqui, li e gostei. abrçs. Bosquo

João Bosquo · Cuiabá, MT 20/8/2008 17:34
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Joe...
obrigada por iniciar o sufrágio
sua presença é 10 .
bjsssss

Celina, querida...
Esse boto esta na tua cabeça, é só procurar um pouco que vc já acha menina. bjssss

Joe... tá desculpado. ( viu a Clara me chamando de Dori ) nome mais complicado esse meu. bjssss

Clara querida. não é Dori é Doroni,
Sabia que vc ia gostar do meu trabalho . Bjssss

Julia,
Também já ouvi falar que estupram as femeas e deixam os homens se afogarem em no caso de naufráfio. Mas aí já é outra história. Bjsss e obrigada

Edimo, obrigada

Compulsão, obrigada

Marcos, é verdade, pobre boto! Será?
Que bom saber que o Juraci é seu amigo. Excelente poeta também.

João, obrigado pela visita. bjssss

Muito obrigado a todos e meu carinho

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 20/8/2008 18:12
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Graça querida
Esqueci você e és inesquecivel com este cabelo que deve reluzir ao luar. Os votos cor de rosa são pro boto. Obrigada.
bjsss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 20/8/2008 18:39
sua opinião: subir
Renato de Mattos Motta
 

Doroni,
já conhecia a lenda, se não me engano do Câmara cascudo, depois do filme do Ricelli e daquela minissérie da globo que contou a história do Acre, mas o teu texto tem um sabor diferente.
Obrigado!

Renato de Mattos Motta · Porto Alegre, RS 20/8/2008 22:28
sua opinião: subir
Samuel Luciano Assunção
 

votando doroni...
beijos

Samuel Luciano Assunção · Angra dos Reis, RJ 20/8/2008 22:31
sua opinião: subir
Sigrid Spolzino
 

Toques pedagógicos pelo ar... Fique certa que és uma boa contadora de história... rs
Uma lenda linda, cheia de mistérios... que o digam os ribeirinhos amazonenses, eles realmente acreditam em tudo isso que contaste... Gostosa leitura!
Trouxe meu voto e baci!

Sigrid Spolzino · Brasília, DF 20/8/2008 23:06
sua opinião: subir
Sigrid Spolzino
 

Ahhh, lembrando dos parabéns ao poeta Antonio Juraci Siqueira, de Belém do Pará!

Sigrid Spolzino · Brasília, DF 20/8/2008 23:08
sua opinião: subir
raphaelreys
 

Bonita lenda aproveitada pelos amantes distraidos para justificar a gestação! Beleza de aula minha cara overmina!

raphaelreys · Montes Claros, MG 21/8/2008 06:42
sua opinião: subir
Ecila Yleus
 

Boto, boto emboto e por aí vai. Isso é promessa de poesia sobre o boto porque o seu trabalho é demais e me inspirou.

Ecila Yleus · Recife, PE 21/8/2008 08:08
sua opinião: subir
Zingara RJ
 

Doroni, adorei a lenda do boto, ainda ontem comentava com um amigo sobre esse assunto, legal te ler hoje sobre o mesmo assunto! adorei o texto querida, parabéns...

beijos no coração...

Zingara RJ · Rio de Janeiro, RJ 21/8/2008 09:54
sua opinião: subir
alcanu
 

Doroni, muito bom esse texto, a fama do boto já se perde ao longe e se junta ao nosso rico folclore...
Um beijo !

alcanu · São Paulo, SP 21/8/2008 11:23
sua opinião: subir
azuirfilho
 

Doroni Hilgenberg · Manaus (AM)
A LENDA DO BOTO

Uma História fantástica num trabalho muito lindo.
Fascina qualquer um a a gente viaja na imaginação neste mundo de magia.
Apaixonante.
Faz a gente cada vez mais amar a Amazónia.
Parabéns
Abracáo Amigo

azuirfilho · Campinas, SP 21/8/2008 12:45
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Espetacular, falar do mágico Boto, um texto com palavras suaves, que nos faz até sonhar...Mágico.
Parabens também pelo poema de Antonio Juraci Siqueira
bjus

Cintia Thome · São Paulo, SP 21/8/2008 13:53
sua opinião: subir
Lili_Beth*
 

Querida Doroni:
Perfeitos: lenda e poema
Beijos_Meus*
*

Lili_Beth* · Rio de Janeiro, RJ 21/8/2008 15:05
sua opinião: subir
Rubenio Marcelo
 

Doroni,
Uma beleza de publicação esta sua. Todo o conjunto está maravilhoso - esta lenda é sempre atual. Outrossim, quero destacar o texto "Eu, O Boto", de Antonio Juraci Siqueira, belíssimo também! Todo escrito em redondilha menor (versos de 5 sílabas poéticas) e emoldurando um poema realmente admirável.
Sinceros parabéns! E meus votos...

Rubenio Marcelo · Campo Grande, MS 21/8/2008 18:50
sua opinião: subir
Acácio Vale
 

Belo texto sobre a magia do boto. O poema também é muito lindo. pena que o encantamento também acarreta esse problema da destruição do animal. coisas da vida.
abraços
acácio

Acácio Vale · São Luís, MA 21/8/2008 18:53
sua opinião: subir
Circus do Suannes
 

Gostei. Lembrei-me de uma música do Waldemar Henrique. Conhece?
http://www.mpbnet.com.br/canto.brasileiro/monica.salmaso/trampolim/tajapanema.htm

Circus do Suannes · São Paulo, SP 21/8/2008 21:03
sua opinião: subir
Doroni Hilgenberg
 

Oi Suanes,
Não eu não conhecia.,obrigada por ter enviado.
Vou colocar um trecho aqui:

" O boto não dorme
no fundo do rio
seu dom é enorme
quer quer o que viu
que diga que informe
se lhe reistiu
o boto não dorme
no fundo do rio.

Gostei! bjssssssss

Doroni Hilgenberg · Manaus, AM 21/8/2008 21:19
sua opinião: subir
Nic NIlson
 

Nossa q liçao! Aprendi muito,, muita coisa eu nem imaginava... Valeu Doroni... E parabens ao poema do amigo Juraci. Apalusos!

Nic NIlson · Campinas, SP 21/8/2008 23:06
sua opinião: subir
Robert Portoquá
 

Parabéns Doroni, texto rico em informações e embasamento.
Parabéns também a Antonio Juraci, pelo belo poema.
Bjs e abçs.

Robert Portoquá · Adamantina, SP 22/8/2008 08:13
sua opinião: subir
Fatima Paraguassu/Santa Cruz de Goiás
 

Lindo texto, nos leva a imaginar o fascínio do boto, o encantamento, a entrega.

Fatima Paraguassu/Santa Cruz de Goiás · Santa Cruz de Goiás, GO 22/8/2008 12:47
sua opinião: subir
Claudia Almeida
 

Essa lenda é maravilhosa!viva a educação infantil !
beijinhos
claudia almeida

Claudia Almeida · Niterói, RJ 22/8/2008 17:00
sua opinião: subir
Ronaldo Teatroooo
 

interessantíssimo
gostei bastante de ler...

c puder me dê uma forcinha

http://www.overmundo.com.br/banco/sumiu

Ronaldo Teatroooo · Chapadão do Sul, MS 22/8/2008 17:42
sua opinião: subir
Cherry Blossom
 

Adorável querida Doroni! Amo as histórias e lendas dessa nossa linda e rica Terra Mãe! Um encanto!
beijinhos

Cherry Blossom · Dracena, SP 22/8/2008 19:53
sua opinião: subir
ayruman
 

Bela contribuição alargando os horizontes de nossa tão rica, porém quse sempre ignorada Cultura.

Um abraço fraterno.

ayruman · Cuiabá, MT 23/8/2008 13:15
sua opinião: subir
Rogério Silvério de Farias
 

Doroni, que bom que gostaste do conto. Se possível ouça os áudios (contos em áudios), como O ASSOMBRO NA CASA DO SIDEMAR, parte um e dois, e SILVIA DE MONRABETH. O conto do MANUSCRITO faz parte da trilogia NECROTRON , A MÁQUINA DO ALÉM. Se possível entre em contato comigo por mail para que eu lhe envie a minha mais nova obra na internet, O REI DE KRYMLLA. Nao esqueça de ouvir os áudios, que lembram muito as radionovelas de antigamente. A narração é do gênio Guto Russel, o Orson Welles do Paraná, com quem faço uma boa parceria. Muitas pessoas acham que nós autores de contos de horror somos loucos, mas estamos fazendo arte para pessoas inteligente como você.

Rogério Silvério de Farias · Tubarão, SC 23/8/2008 16:59
sua opinião: subir
Flávio Villa-Lobos
 

Minha amiga Doroni,

Excelente texto. O Brasil tem tanta coisa boa, tantas estórias e folclore desconhecidos de grande parte dos brasileiros...

Valeu!

Grande abraço!

Flávio Villa-Lobos · Campinas, SP 24/8/2008 10:23
sua opinião: subir
Falcão S.R
 

Uma lenda que me acompanha desde a infância, contada por meu saudoso tio em noites enluaradas, com outras das quais eu morria de medo.

Beijos

Falcão S.R · Rio de Janeiro, RJ 25/8/2008 04:44
sua opinião: subir
Saavedra Valentim
 

Um belo trabalho, como tudo que você faz.
Eu jáconhecia a Lenda do Boto cor de rosa. Mas você acrescentou outras informações muito legais.
Parabéns!
Beijos

Saavedra Valentim · Vitória, ES 8/9/2008 22:38
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

O BOTO ROSA zoom
O BOTO ROSA
Reserva de Mamirauá - Amazonas zoom
Reserva de Mamirauá - Amazonas
Por do Sol - Reserva de Mamiruá zoom
Por do Sol - Reserva de Mamiruá
baixar
pdf, 5 Kb

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados