Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

CONJURAÇÃO BAIANA 1798

http://www.mundoeducacao.com.br/upload/conteudo_legenda/
1
azuirfilho · Campinas, SP
14/8/2009 · 35 · 28
 

CONJURAÇÃO BAIANA 1798
REVOLTA DOS ALFAIATES
CONJURAÇÃO DOS BÚZIOS

A República de ideal prático, Igualdade e Liberdade.
Por governo democrático, independência e dignidade.
Coração de amor em chama, a comunidade a se irmanar.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar.

Somando lutador e suplicante, toda gente na união.
Pequeno Comerciante, o religioso, soldado e artesão.
A idéia e a prática bacana, um coletivo a comungar.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar.

Caráter emancipacionista, o sonho mais cativante.
Espírito humanista, camarada e igualdade cativante.
Inconfidência Mineira irmana, e faz nos influenciar.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar.

Comerciantes e artesões, de religiosos a soldados.
Os tipos de artesões, profissionais de todos lados.
Se libertar do que atazana, o Povo com o seu reinar.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar.

Foi grande revolução, de carater emancipacionista.
Cada um com arma na mão, pela causa humanista.
Por fim ao que nos dana, e fazer a vida melhorar.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar.

Foi Revolta dos Alfaiates, do destaque deste artesão
Todos por suas Artes, pra ter uma melhor condição.
Coisa mais bacana, todos se ofereciam a participar.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar.

Inconfidência de Tiradentes, foi como pioneirismo.
Seguir os mestres valentes, direito e cristianismo.
Contra a ordem profana, é o sagrado a impulsionar.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar.

Ampla composição social, de sentido republicano.
Movimento muito especial, de forte carater humano.
Unidos na ordem humana, e a abolição a implantar.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar.

Uma literária associação, discutindo o Iluminismo.
Despertando ser Cristão, e governo de Humanismo
Sair dessa forma não humana, que so faz é explorar.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar.

A Maçonaria esta Presente, nos Cavalheiros da Luz.
Todos de alma decente, Buzios, seguidores de Jesus.
Gente Brasileira e africana, pela liberdade a Lutar.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar.

Academia dos Renascidos, toda gente participando.
Corpo e alma comprometidos, o revoltar avançando.
A dedicação que irmana, toda camada a participar.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar.

Cada força política somava, consciencia e liberdade.
Cipriano Barata participava, aumentava freternidade.
A massa se fazendo soberana, e pondo tudo no lugar.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar.

Lucas Dantas no sonho divino, junto a Luiz Gonzaga.
João de Deus, Manoel Faustino, a gente determinada.
Gente nas lutas veterana, querendo a vida melhorar.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar.

Toda Salvador foi tomada, os revolucionários agindo.
E a População se chegava, vinha apoiando se unindo.
Pondo abaixo a ordem tirana, todo apoio do Popular.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar.

Revolta dos Alfaiates, igual a revolução Francesa.
Sem fragatas ou iates, mais com heroismo e beleza
Vil Governança Leviana, povo vence na rua a lutar.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar.

É violenta a repressão, de muito torturar e prender.
Uma infame maldição, fazendo o nosso povo sofrer.
Mirando na gente africana, e no Brasileiro a sonhar.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar.

No julgamento sem medo, ante a sentença sem perdão
O Pobre, Mulato e Negro, pra estes Morte e execução.
Ficou a dor mais desumana, e a liberdade a sangrar.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar.

Azuir Filho e Turmas: Do Social da Unicamp e, de Amigos, de: Rocha Miranda, Rio, RJ e, de Mosqueiro, Belém, PA.

Poesia de Homenagem a Conjuração Baiana, que também é conhecida por Revolta dos Alfaiates e por Conjuração dos Búzios, que foi um grande Movimento de Libertação com caráter Democrático com grande participação de diferentes setores e camadas da Sociedade na ocasião de 1798 na Bahia. Tinha a pretensão de nacionalizar o Comércio e abolir a Escravidão, com distribuição de terras e com incentivo para todos que quisessem trabalhar na produção, programa avançado sempre citado pelos Socialistas. Houve delação, com prisões e torturas desmontando o movimento com intensa e desmedida repressão, caracterizada pela desumanidade.
Muitos Presos e degredados sendo os quatro Heróis enforcados e esquartejados.
João de Deus do Nascimento, Manuel Faustino dos Santos Lira com 18 anos de idade, os soldados Lucas Dantas e Luiz Gonzaga das Virgens, que estão no nosso Panteão de Heróis e Mártires de orgulho e glória. A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar.

DIREITOS RECONHECIDOS E AGRADECIDOS
F1 http://www.mundoeducacao.com.br/upload/conteudo_legenda/
http://www.mundoeducacao.com.br/upload/conteudo_legenda/deb953dd64bbd128e06ceef254f381b7.jpg
F2 http://1.bp.blogspot.com/_q7gAJm5rgEs/SAEGxvlzylI/
http://1.bp.blogspot.com/_q7gAJm5rgEs/SAEGxvlzylI/AAAAAAAAAaQ/FueDOQjAqcc/s320/Salvador_Piedade_XIX.jpg
F3 http://recantodasletras.uol.com.br/img.php?id=3807&nome_sis=78667.jpg&
http://recantodasletras.uol.com.br/img.php?id=3807&nome_sis=78667.jpg&maxw=495&maxh=660
F4 http://www.institutobuzios.org.br/images/foto1.jpg
http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/conjuracao-baiana/imagens/conjuracao-baiana-12.jpg
http://www.institutobuzios.org.br/images/foto1.jpg
F5
http://www.institutobuzios.org.br/images/LUIS_GONZAGA.JPG
http://www.institutobuzios.org.br/images/MANUEL_FAUSTINO.JPG
http://www.institutobuzios.org.br/images/LUCAS_DANTAS.JPG
http://www.institutobuzios.org.br/images/JOAO_DE_DEUS.JPG

Sobre a obra

Obra de Louvor a Conjuração Baiana, a Revolta dos Alfaiates, a Conjuração dos Búzios, a todos os seus Heróis lutadores apaixonados entre os quais: João de Deus do Nascimento, Manuel Faustino dos Santos Lira com 18 anos de idade, os soldados Lucas Dantas e Luiz Gonzaga das Virgens, Mestiços, Mulatos e Negros que foram enforcados e esquartejados, não bastasse o suplício, também o desrespeito. Organizaram a Insurreição para formarem uma República, liver da escravidão e com oportunidade para todos. Foram muito influenciados pela revolução Francesa, e por Tiradentes e os Inconfidentes Mineiros. Também participaram, o Médico Cipriano Barata, e o Professor Francisco Muniz Barreto. Só os Quatro lideres foram condenados e executados. Hoje, os grupos de estudos das Classes Trabalhadores tem estes Heróis igualados a Zumbi, Tiradentes, Castro Alves, Anita Garibaldi, Barbara Heliodora, Dandara, Sabina, Prestes, Aqualtune, Luiza Mahim, Ajuriucaba, Cunhambebe, Aimbere, Sepe Tiarajú e tantos.

tags

compartilhe



informações

Autoria
Azuir Filho e Turmas: Do Social da Unicamp e, de Amigos, de: Rocha Miranda, Rio, RJ e, de Mosqueiro, Belém, PA.
azuirfilho@superig.com.br
azuirferreiratavares@gmail.com
Ficha técnica
Louvor aos Heróis, Manuel Faustino. João de Deus, Lucas Dantas e Luiz Gonzaga que foram os Lideres, e que hoje sabemos que foram punidos mais drasticamente porque eram Mestiços, Mulatos e Negros, e, foram realmente cheios de sentimento, aptidão e coragem, merecendo nosso orgulho e louvor. Heróis.
Downloads
2097 downloads

comentários feed

+ comentar
kfarias
 

Eu só tenho a agradecer a grande oportunidade que me é dada e aos demais que tem a oportunidade de ler o que Azuir escreve.
Não me canso de elogiar seus trabalhos e poesias e toda matéria jornalista que tanto nos acultura e ensina.
Parabéns amifo e obrigado por tudo e viva esse Brasil de lutas e vitórias que muitos brasileiros nem sabem que existe.
Abraços,
k.

kfarias · Águas de Lindóia, SP 14/8/2009 20:13
sua opinião: subir
victorvapf
 

Azuir e a Nova Historia do Brasil...e o nome do livro de historia a ser lançado futuramente se Deus quiser!

Parabens por reescrever para todos nos a nossa historia, adicionando os fatos esquecidos, enriquecendo desta maneira o que passou batido!

abraços

victorvapf · Belo Horizonte, MG 14/8/2009 21:36
sua opinião: subir
Daniele Boechat
 

Meu amigo Historiador!! Bjs.

Daniele Boechat · Rio de Janeiro, RJ 14/8/2009 22:46
sua opinião: subir
Bruno Resende Ramos
 

QUanto ideal emanava daquele povo oprimido. Tempos em que a corrupção existia, mas encontrava ferrenha resistência de homens bon. Sem a arte do denuncismo, porém a alma mergulhada num espectro de profunda honestidade com a pátria, a soberania e a libertação social.

Não podíamos dizer que eram bons tempos, mas ao menos arraigados em mais valores.

Que venha a cidadania tão sonhada!

Bruno Resende Ramos · Viçosa, MG 14/8/2009 23:47
sua opinião: subir
Greta Marcon
 

Graças à você, estou tendo oportunidade de conhecer histórias
como esta, que nunca ouvi falar. Quantos mártires... e a desigualdade
continúa...
Votado
Beijos

Greta Marcon · Ponte Nova, MG 15/8/2009 00:44
sua opinião: subir
Cezar Ubaldo
 

Salve Azuir.Sempre disse o quão importante é que historiadores de outras plagas falem dos movimentos que ocorreram nos nossos pedaços de Brasil e aí vem voce e faz Greta e tantos outros descobrirem o quanto intensa e marcante é a nossa história,às vezes mal interpretada por muitos por conta dos interesses ideológicos,sim.E vem voce,com o seu tino de pesquisador e sempre presenteia a todos com nossos tesouros históricos,a exemplo da Conjuração Baiana tão importante e tão pouco falada no restante do nosso país.Mais uma vez obrigado e,parabéns,amigo.

Cezar Ubaldo · Feira de Santana, BA 15/8/2009 07:19
sua opinião: subir
alcanu
 

Uma verdadeira lição que a gente nunca deveria deixar de imitar, uma vez que imitamos tantas outras coisa bem menores do que essa...
Um beijo !

alcanu · São Paulo, SP 15/8/2009 12:43
sua opinião: subir
Ivan Cezar
 

Grande Mestre Azuir:
A história cantada em versos
rgistra mais um episódio
no eterno confronto
desigual
entre quem domina
e quem é dominado

Ivan Cezar · São Sepé, RS 15/8/2009 12:43
sua opinião: subir
joe_brazuca
 

precisa de um lance desses la em Brasília, urgentemente, né não ?


abraço

joe_brazuca · São Paulo, SP 15/8/2009 15:41
sua opinião: subir
Ilia Noronha
 

Oie meu poeta!!!
Cada texto uma sabedoria.
Beijusssssss

Ilia Noronha · Manaus, AM 15/8/2009 15:50
sua opinião: subir
O NOVO POETA.(W.Marques).
 

um trabalho construtivo e que eu agradeço amigo por essa bela obra.um ótimo domingo, abraçosssss

O NOVO POETA.(W.Marques). · Franca, SP 16/8/2009 09:47
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Carlos Venttura
 

Quanta honra!
Meu mestre,
Como baiano que sou,
É maravilhoso ver nossa história sendo difundida atravéz dos seus versos.


Parabéns e muito Obrigado!

Carlos Venttura · Suíça , WW 16/8/2009 13:08
sua opinião: subir
Vasqs
 

Olha eu aqui, antes tarde. E olha o Azuir de novo pregando a liberdade , a justiça , na lembrança da história das nossas lutas
sociais. Em frente.
abraço
Vasqs

Vasqs · São Paulo, SP 16/8/2009 14:17
sua opinião: subir
sheila duarte
 

Azuir é importante resgatar as lutas por projetos socias diferentes do que o status quo determina. Mostra que nós brasileiros, e os diferentes segmentos que estão ocultos nesta generalidade, tivemos e temos nossos anseios e sabemos lutar por eles. Super bjões. Votado!!

sheila duarte · São Paulo, SP 16/8/2009 15:49
sua opinião: subir
camuccelli
 

Pois é!

camuccelli · Rio de Janeiro, RJ 16/8/2009 19:27
sua opinião: subir
Claudia Almeida
 

Claudia Almeida · Niterói, RJ 16/8/2009 21:16
sua opinião: subir
Andre Pessego
 

Estou levantando algumas datas importantes. Para pontuar um
escrito que quando o tempo tomado pelo patrão permitir, eu postar. E tenho algumas delas tiradas ou conferidas em poesias de tua autoria. Esta me recordou algumas coisas adormecidas,
abraço
andré

Andre Pessego · São Paulo, SP 17/8/2009 07:00
sua opinião: subir
Debora Prado
 

:D

Debora Prado · Belo Horizonte, MG 17/8/2009 09:04
sua opinião: subir
Sander Machado
 

Grande Azuir,
estes momentos em que a história são poesia e a poesia são parte da história, é marca do quanto essa arte é arte revolucionária.

Com Carinho

Sander Machado · Porto Alegre, RS 17/8/2009 10:22
sua opinião: subir
Cintia Thome
 

Um Historiador, resenhas bem elaboradas
com poesia, com visão atual!
Grande Azuir votado e lido!
Fala Azuir...........
abs

Cintia Thome · São Paulo, SP 17/8/2009 10:33
sua opinião: subir
Aldy Carvalho
 

Aldy Carvalho · São Paulo, SP 17/8/2009 10:52
sua opinião: subir
Luís, o último literário
 

Gosto muito de suas rimas históricas. Você é muito excelente Cara, imagino quanto você teme que estudar e pesquisar para construir versos tão cheios de história e vida. Você é historiador? Só sei que seus versos deixam a aula massante da escola muito mais bonita e encantadora.

Parabéns e até a próxima.

Luís, o último literário · São Luís, MA 17/8/2009 20:39
sua opinião: subir
RUI LÔBO
 

Azuir: Bela lembrança! Mestre, será que não poderíamos reeditar a nível nacional este movimento revolucionário?... Estamos sendo governados a séculos por uma quadrilha de escroques que não viu nada, não sabe de nada, paga mensalão para seus pares em detrimento de, tal como mágico de circo, fazem desaparecer o suado dinheiro dos nossos "impostos". Que tipo de Cidadão nós somos, que tal qual carneiro aceita passivamente todo tipo de mazelas e, ainda vai ás urnas para reeleger os mesmos facínoras de sempre?... Saudade dos Conterrâneos Baianos de 1798. Axé!

RUI LÔBO · Brumado, BA 18/8/2009 08:34
sua opinião: subir
erhi Araújo
 


Votado

É a verdade que vem chegando à tona por suas mãos.
Parabéns sempre.
Grande abraço

erhi Araújo · Feira de Santana, BA 18/8/2009 11:47
sua opinião: subir
assis pio
 

votado amigo

assis pio · Aurora, CE 18/8/2009 21:08
sua opinião: subir
Orisvaldo Tanniy
 

Quer viajar? Leia o que Azuir escreve.Adorei!Votado.
Abraços...

Orisvaldo Tanniy · Teresina, PI 20/8/2009 07:58
sua opinião: subir
Agenor
 

Caro Azuir,
História contada em poesia...
Belo trabalho, Parabéns!...
Abraços

Agenor · Aquidauana, MS 4/10/2009 21:17
sua opinião: subir
Almirante Águia
 

Azuir
Continue este papel de divulgador das coisas das nossas histórias, pouco a pouco a história oficial vem sendo revisitada, muitas verdades ainda podem ser mudadas.
Abordei este tema em meu blog recentemente, com o título: REBELIÕES POPULARES NO BRASIL DOS SÉCULOS XVIII e XIX, gostaria de vossa apreciação.

Grande Abraço

Almirante Águia · Itaberaba, BA 30/10/2009 23:45
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

imagens clique para ampliar

A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar. Praça da Piedade. zoom
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar. Praça da Piedade.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar. Praça da Piedade. zoom
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar. Praça da Piedade.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar. Bandeiras na Conjuração, zoom
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar. Bandeiras na Conjuração,
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar. Heróis e Mártires. zoom
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar. Heróis e Mártires.
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar. Carinho com Gentileza. zoom
A Conjuração Baiana, era o próprio Povo a Governar. Carinho com Gentileza.
baixar
pdf, 7 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados