Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

PREÇO E APREÇO

1
Rute Frare · São Paulo, SP
6/6/2012 · 0 · 1
 

Fui livre demais,
tive vida demais,
fui intensa demais!

Nunca fui amada como mulher
Mas Ouvi frases ou juras
na boca de quem nunca aceitou
que um dia me amou.
No silêncio um grito
ecoa nas minhas entranhas
Não! Eu não te amo!

Quando quero me desesperar
a mesma boca me beija,
e um círculo vai se formando.

Mas eu sim, Vivi a experiencia do amor.

Minha vida foi linda!
amei ter vivido assim...

Porém,

Mães e tempo me venceram...
Nesse mundinho de tolos,
em pleno seculo XXI,
ainda queimo em fogueiras...
Minhas mãos estão quebradas e
meus pés atados ao lenho.
Em meus olhos o reflexo de
uma vida inteira.

Agora tudo é azul,
Azul das chamas,
azul das camas,
azul dos ceus.
Azul metano
do eterno gozo
ejaculado ao léu.

Azul negrume,
azul tapume,
Azul...

Sobre a obra

Constatação...
Meu aniversário.

compartilhe



informações

Autoria
Rute Frare
Ficha técnica
Poema escrito no dia do aniversario. Retrospectiva da vida
Downloads
75 downloads

comentários feed

+ comentar
Rute Frare
 

A foto não entrou...
Que pena!

Rute Frare · São Paulo, SP 6/6/2012 06:31
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados