Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

Quando eu era criança

1
Ana Neri Andrade · Porto Alegre, RS
8/4/2008 · 44 · 8
 

Quando eu era criança
Tudo era bom
Fazia sol, chuva.
Tudo era bom
Não havia tempo ruim
Era sorrir para tudo
O choro era só uma conseqüência fútil de um não
Não havia pressa
Correria só atrás da peteca, da bola...
O presente era um adormecer e o despertar o futuro
A escola, o cheiro bom do livro, caderno, borracha, lápis.
O cheiro da sabedoria sem soberba
Era um dia após o outro, sem pressa.
Era ser a esperança do sorrir constante
Do saltitar vibrante
Do grito puro que alerta
Era ser criança cheia de esperança
Era ser a verdade pura
O sorriso sem malícia
Que encanta e renova o cada amanhecer de ser criança

Por Ana Nèri Andrade

compartilhe



informações

Autoria
Ana Neri Andrade
Downloads
145 downloads

comentários feed

+ comentar
clara arruda
 

Parece que foi ontem,mas o tempo passou.Volto para votar

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 6/4/2008 23:41
sua opinião: subir
Ana Neri Andrade
 

É Clara o tempo passa rápido,mas as lembranças ficam.
Obrigada pelo comentário e aguardo voc~e na votação
Beijo
Doce

Ana Neri Andrade · Porto Alegre, RS 6/4/2008 23:54
sua opinião: subir
clara arruda
 

Voltando para votar.
Hoje triste por perder uma amigo.Mas a vida continua não é deslealdade.

clara arruda · Rio de Janeiro, RJ 9/4/2008 11:43
sua opinião: subir
Luis Santana
 

Não havia pressa
Correria só atrás da peteca, da bola...


Verso resumidor.

Clicando meu voto e te deixando 1
Beijo de Letras.

Luis Santana · Rio de Janeiro, RJ 10/4/2008 13:25
sua opinião: subir
Náthima Danel
 

Ana, que pureza!!! Lindo demais.
Concordo em tudo com vc, menina.
Um sorriso de crinaça para vc.

Náthima Danel · Boa Vista, RR 10/4/2008 14:06
sua opinião: subir
Elio Cândido de Oliveira
 

BELO TEXTO.
http://www.overmundo.com.br/banco/o-seu-lugar
EM VOTAÇÃO.edição.
Visite

Elio Cândido de Oliveira · Ibiá, MG 10/4/2008 20:10
sua opinião: subir
Samuel Luciano Assunção
 

que saudade...

lindo poema.
estou votando.

Samuel Luciano Assunção · Angra dos Reis, RJ 10/4/2008 20:31
sua opinião: subir
NãosouaCinderela
 

Adorei o poema...realmente as lembranças da infancia são surpreendentes...
Por isso criei um blog para contar as minhas aventuras...rs
http://aconteceuquandoeueracrianca.blogspot.com/

NãosouaCinderela · Ferraz de Vasconcelos, SP 5/1/2011 21:05
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

baixar
pdf, 1 Kb

veja também

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados