Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

AS CAVERNAS DE BOTUVERÁ

Divulgação / Todos os direitos reservados.
Imagem interna de uma das galerias da Gruta de Botuverá.
1
Labes, Marcelo · Blumenau, SC
3/6/2007 · 102 · 0
 

Botuverá é uma pequena cidade localiza no Médio Vale do Itajaí com cerca de 4.500 habitantes. Tendo, nos últimos anos, se especializado na indústria, sobretudo a pequena indústria têxtil, Botuverá por muitos anos cresceu economicamente em torno do minério. Poderia se pensar que a mineração ‘construiu’ muitas minas cavernosas, por onde se poderia andar tranquilamente e com segurança. A caverna ou gruta de Botuverá proporciona tudo isso: o andar tranqüilo e seguro; a assimilação do poder artístico em construir formas tão belas e complexas, presentes em suas estalactites e estalagmites. No entanto, não se trata de criação humana, mas da própria natureza.

Formada pelo período pré-cambriano (65 milhões de anos atrás), a Gruta de Botuverá, por sua estrutura e beleza, é considerada uma das mais belas da América Latina. Em seu interior, observamos uma grande variedade de espeleotemas (esculturas feitas pela água) como travertinos, cortinas, couves-flor e chão de estrelas. Além, é claro, das imensas estalactites e estalagmites que continuam em formação — continua havendo uma micro-corrente de água pelas rochas — mas que por nosso tempo de habitantes do planeta ser muito curto, sequer podemos perceber esse crescimento.

Em seu interior, foram encontradas sete espécies de morcegos e trinta e cinco espécies de invertebrados. Considera-se um número grande para uma gruta sem água corrente (a não ser a que desce pelas rochas), já que não existe rio dentro das galerias. Há na gruta seis espécies endêmicas, o que a torna um interessante lugar para estudos espeleológicos.

No site oficial da Gruta de Botuverá, encontram-se as normas de segurança e melhores informações sobre estacionamento, alojamento e localização. Por isso, como em todos os passeios que se for fazer, entrar em contato com a direção do local para onde se vai é sempre uma boa pedida.

onde fica
O melhor acesso a Botuverá é por Brusque pela SC 486 (pavimentada) ou pelos municípios de Presidente Nereu (45 km) e Vidal Ramos (60 km) pela mesma rodovia, em trecho ainda não pavimentado.

A distância média das principais cidades da região é a seguinte: Brusque – 22 km; Blumenau – 70 km; Itajaí – 55 km; Gaspar – 46 km.

A partir da entrada no município, existem placas de sinalização guiando para as cavernas.
por que ir
Além da proximidade com a natureza (a gruta é encravada num morro que pertence à área de preservação ambiental do município), para ter contato com uma forma de construção natural pouco comum; como pouco comum também são as estruturas de alimentação e, principalmente, segurança.
quando ir
Horários: 08:00 às 17:00 horas(primavera e verão) / 8:00 h às 16:00h (outono e inverno) de Terça-Feira a Domingo.

(Segunda-feira: Fechado para manutenção)
quem vai
A questão não é quem, mas como: o site da gruta adverte que "o FLUXO DE VISITANTES permitido é de: grupos de 15 pessoas: período de percurso de 45 minutos; capacidade diária de 13 grupos totalizando 195 pessoas/dia.
Horários: 08:00 às 17:00 horas(primavera e verão) / 8:00 h às 16:00h (outono e inverno) de Terça-Feira a Domingo.

Vai quem curte o contato "natural" com a natureza.
quanto custa
Depende da temporada e do número de excursionistas.
website
http://www.botuvera.com.br/

comentários feed

+ comentar

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

veja também

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados