Brasil.gov.br Petrobras Ministério da Cultura
 
 

A incessante busca por sexo com anões

1
Marcelo V. · São Paulo, SP
17/4/2007 · 206 · 24
 

Embora não chegue atrasado, também não costumo ser um dos primeiros a experimentar a mais nova coqueluche da internet (seja ela qual for); às vezes porque desconfio de que se trata de "modinha" passageira ou espero a coisa se tornar um pouquinho mais popular entre meus amigos (para mim, internet se baseia em duas pernas: informação e sociedade) antes de aderir (ainda não tive a curiosidade de conferir, por exemplo, o tal "Second Life" _algum dia, talvez?).

Por causa da primeira das opções que descrevi acima, esperei meses até criar meu primeiro blog, no início de 2002 (a explosão dos mesmos por aqui aconteceu no meio de 2001); momentaneamente cansado das exigências da profissão de jornalista (à época eu era repórter da Ilustrada, caderno cultural da Folha de S. Paulo, e trabalhava muitíssimo), já tinha criado um site para publicar crônicas, resenhas, artigos, entrevistas, trechos de meus livros e peças de teatro e poesia etc. e não via muita necessidade em migrar para outro endereço.

Fui vencido não pela facilidade em publicar e organizar os textos, mas sim pela grande e multifacetada rede de relações que eu via surgir na tal da "blogosfera" mundial e, acima de tudo, pela ferramenta de comentários, muito mais prática do que um e-mail (obter retorno de leitores é sempre essencial). Portanto, após um mês de testes com um blog agora extinto, criei um outro, que agora completa 5 anos de idade em plena atividade (embora eu o atualize com comedimento), para falar especialmente de cinema, uma das minhas muitas paixões/atividades (quando comecei o blog, eu era apenas um espectador; hoje, publico o trailer do meu filme mais recente).

Não demorou muito para surgir uma série de produtos para blogs: alguns até são úteis, mas em geral costumam emporcalhar os templates (eu tive que aprender o que significava template). O único que me interessou foi um contador de acessos: eu já tinha um em meu antigo site, mas não passava de uma espécie de catraca eletrônica virtual; o que coloquei no blog oferecia muito mais, como gráficos de visitas mensais e semanais (que informam, por exemplo, que o dia em que as pessoas menos acessam a internet é aos sábados, e que o pico de movimento fica entre terças e quintas).

Mas o que mais me encantou foi o sistema de "tracking", que traz informações sobre os visitantes de cada página: de que país eles são (já fui visitado por gente das Ilhas Faroe, de Chipre, de Liechtenstein e muitos outros logradouros exóticos), que sistema operacional usam, qual a definição de seus monitores, em que link clicaram para chegar até o meu endereço etc.

É justamente este último, chamado "referrer tracking", que me interessa. Com esta ferramenta, pude descobrir quem eram meus visitantes por meio de seus blogs, nos quais havia sido inserido um link para minha página. A troca de informações a respeito de interesses comuns começa a ocorrer, e mesmo grandes amizades (e romances) se formam.

Mas quase metade (46%) dos que visitam meu blog o fazem através de sites de busca (talvez a ferramenta mais importante de toda a internet), em especial o gigante Google (responsável por mais de 90% destes acessos). E aqui chego, finalmente, ao ponto central deste artigo: o que os internautas buscam?

Acho que não chega a ser nenhuma surpresa se eu disser que, em grande parte, é sexo (embora meu blog não seja especificamente dedicado ao tema). Aliás, a palavra "sexo" é a 6ª mais procurada; a 5ª é "pornô"; "pelada" vem em 16º; "nua", em 24º; "porn" em 33º e "explícito" em 37º.

Agora, duas coisas me surpreendem. Uma é como as pessoas fazem suas buscas: muitas parecem tratar o Google como uma espécie de oráculo, conversam com ele. Ou seja, em vez de digitar "filmes pornô" (ou qualquer coisa sem necessariamente ter a ver com sexo) no espaço de buscas, muitas escrevem algo como "eu gostaria muito de saber em que site eu consigo assistir a filmes pornôs de graça" (sem exagero, a coisa é por aí; aliás, eu omiti os erros de português, que são quase onipresentes).

A outra é o que buscam. Como já falei, não me surpreendem que busquem por sexo, uma necessidade natural, diária e premente de quase todos nós. Também não me surpreende que muitos busquem por fetiches mais específicos e potencialmente tabus, como "fotos porno de mulheres com cavalos e cachorro", "louco de vontade de ver a filha da irma de minha esposa peladinha" e "boneca erótica que se parece com atriz zezé polessa" (estes três são verdadeiros e datam de menos de um mês).

Mas, mesmo eu sendo um grande fã do cinema brasileiro (onde temos filmes antológicos dedicados ao tema, como o clássico "Histórias Que Nossas Babás Não Contavam", de Oswaldo de Oliveira, e vários com a participação do notório Chumbinho) e tendo visto numa matéria de TV que existe este filão do cinema erótico, com seus pequenos astros e estrelas, eu não consigo entender porque muita gente procura em meu blog, quase todos os dias, por "sexo com anões".

compartilhe

comentários feed

+ comentar
Marcelo V.
 

HACKED by @KoubackTr

Marcelo V. · São Paulo, SP 13/4/2007 19:50
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
pedrojunior
 

HACKED by @KoubackTr

pedrojunior · Ribeirão Preto, SP 13/4/2007 20:13
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Simone Ventura
 

HACKED by @KoubackTr

Simone Ventura · Monte Alto, SP 13/4/2007 21:55
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Marcelo V.
 

HACKED by @KoubackTr

Marcelo V. · São Paulo, SP 13/4/2007 23:39
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Leandróide
 

HACKED by @KoubackTr

Leandróide · Florianópolis, SC 16/4/2007 20:59
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Marcelo V.
 

HACKED by @KoubackTr

Marcelo V. · São Paulo, SP 16/4/2007 21:33
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Fabinca
 

HACKED by @KoubackTr

Fabinca · Bento Gonçalves, RS 17/4/2007 11:45
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Marcelo V.
 

HACKED by @KoubackTr

Marcelo V. · São Paulo, SP 17/4/2007 15:44
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Fernando Mafra
 

HACKED by @KoubackTr

Fernando Mafra · São Paulo, SP 17/4/2007 22:58
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Marcelo V.
 

HACKED by @KoubackTr

Marcelo V. · São Paulo, SP 18/4/2007 00:17
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
FILIPE MAMEDE
 

HACKED by @KoubackTr

FILIPE MAMEDE · Natal, RN 18/4/2007 10:47
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Marcelo V.
 

HACKED by @KoubackTr

Marcelo V. · São Paulo, SP 18/4/2007 12:59
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
FILIPE MAMEDE
 

HACKED by @KoubackTr

FILIPE MAMEDE · Natal, RN 18/4/2007 14:27
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

HACKED by @KoubackTr

Daniel Duende · Brasília, DF 19/5/2007 02:24
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Marcelo V.
 

HACKED by @KoubackTr

Marcelo V. · São Paulo, SP 19/5/2007 13:41
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

HACKED by @KoubackTr

Daniel Duende · Brasília, DF 19/5/2007 13:46
2 pessoas acharam útil · sua opinião: subir
Marcelo V.
 

HACKED by @KoubackTr

Marcelo V. · São Paulo, SP 19/5/2007 14:09
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Daniel Duende
 

HACKED by @KoubackTr

Daniel Duende · Brasília, DF 19/5/2007 14:15
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Srta T.
 

HACKED by @KoubackTr

Srta T. · Brasília, DF 4/7/2007 11:33
sua opinião: subir
Marcelo V.
 

HACKED by @KoubackTr

Marcelo V. · São Paulo, SP 4/7/2007 12:41
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
esoares
 

HACKED by @KoubackTr

esoares · Rio de Janeiro, RJ 16/8/2007 17:34
1 pessoa achou útil · sua opinião: subir
Mangabeira
 

HACKED by @KoubackTr

Mangabeira · Natal, RN 10/1/2008 18:37
sua opinião: subir
Mangabeira
 

HACKED by @KoubackTr

Mangabeira · Natal, RN 10/1/2008 18:45
sua opinião: subir
Martinha Rodrigues
 

HACKED by @KoubackTr

Martinha Rodrigues · São Paulo, SP 7/7/2014 23:37
sua opinião: subir

Para comentar é preciso estar logado no site. Faça primeiro seu login ou registre-se no Overmundo, e adicione seus comentários em seguida.

filtro por estado

busca por tag

observatório

feed
Nova jornada para o Overmundo

O poema de Murilo Mendes que inspirou o batismo do Overmundo ecoa o "grito eletrônico" de um “cavaleiro do mundo”, que “anda, voa, está em... +leia

revista overmundo

Você conhece a Revista Overmundo? Baixe já no seu iPad ou em formato PDF -- é grátis!

+conheça agora

overmixter

feed

No Overmixter você encontra samples, vocais e remixes em licenças livres. Confira os mais votados, ou envie seu próprio remix!

+conheça o overmixter

 

Creative Commons

alguns direitos reservados